sexta-feira, 20 de junho de 2008

Portáteis são os mais vendidos em Portugal

É o segmento para particulares que ganha destaque na compra deste tipo de equipamentos, enquanto o segmento profissional apresenta uma quebra face a 2006.
Em 2007, o mercado nacional da informática doméstica teve um crescimento muito modesto, atingindo os 575 mil milhões de euros, segundo dados de um estudo divulgado pela Cetelem.

O segmento para particulares é o mais representativo, tanto em volume como em valor, de acordo com o mesmo trabalho. Assim sendo, em 2007, 51% dos lares portugueses estavam equipados com pelo menos um computador. Se a venda para particulares cresceu pouco (+0,5%, segundo dados da Cetelem), o segmento profissional apresenta «um panorama mais negativo, com uma forte quebra face a 2006».

As vendas de computadores mantêm-se positivas, essencialmente devido ao crescimento das vendas relacionados com os portáteis, «que representam uma proporção cada vez maior nas vendas», ou seja, 76% do total em 2007.

Por seu lado, os tinteiros/tonners foram os produtos mais vendidos, em quantidade.Já em valor, este tipo de material ocupa o terceiro lugar logo a seguir aos computadores. De salientar ainda que os monitores, em quarta posição no ranking (quer em volume, quer em valor), venderam-se menos face a 2006.


Fonte: Semana informática

0 comentários: